A turnê que comemora os 15 anos do mítico disco Enxugando Gelo segue a todo vapor pelo Rio de Janeiro. BNegão & Seletores de Frequência estão dentro do circuito SESI Cultural 2018, com shows no Rio de Janeiro (30/08 e 01/09) e Duque de Caxias (31/08). Estes são os três últimos shows da turnê pelo estado fluminense.

Disco referência. Clássico Moderno. Fundamento. Esses são alguns dos termos usados pra definir o indefinível Enxugando Gelo, álbum que nasceu para ser o primeiro disco solo do rapper BNegão e acabou por lhe mostrar que, na verdade, ele já estava escudado pelos Seletores de Frequência.

O trabalho de 2003 surgiu da vontade do MC de escrever sobre coisas que não cabiam nem no Planet Hemp, nem no Funk Fuckers. A vontade de juntar o social e o espiritual de uma forma que ainda não havia acontecido dentro do hip-hop nacional.

Junto com isso, a necessidade de eliminar fronteiras entre gêneros e estilos, avançar nas alquimias que sempre pautaram a sua caminhada. A busca por fazer uma arte que seja, segundo BNegão, “o mais imperecível possível”.

Despretensiosamente, foi um dos discos mais aclamados do ano e considerado um dos mais importantes da música brasileira do século XXI. Sucesso absoluto de crítica, público e vendas (!!), Enxugando Gelo é referência sobre a síntese do rap com outros estilos da música negra como: reggae dub, samba, funk, jazz, funk carioca, rock e hardcore (representados aqui pelos Bad Brains).

O disco – vendido em bancas de jornais e lojas físicas – foi o primeiro álbum brasileiro a ser disponibilizado pelos próprios artistas para download gratuito na internet. Este ativismo digital gerou extrema polêmica na época, mas, além de influenciar grandes movimentos neste sentido, acabou sendo o passaporte dos BNSF para vários shows muito bem sucedidos na Europa.

15 anos depois, BNegão & Seletores de Frequência revisitam este álbum fundamental com uma turnê nacional que começou no dia 20 de maio em São Paulo. E com o lançamento do vinil, à venda em algumas lojas e principalmente pela Assustado Discos e Patuá Discos.

Para dar ainda mais sustentação moral e instrumental à arte de BNegão, lá estão os Seletores de Freqüência, um sexteto fumegante formado (especialmente pra essas apresentações) por Pedro Selector (trompete), Robson Riva (bateria), Nobru Pederneiras (baixo), Ulisses Cappelletti (guitarra), Marco Serragrande (trombone), DJ Rodrigues e Paulão King (voz). Com eles, o Baile de Música Negra Universal está completo.

Serviço Turnê Rio de Janeiro:

17/08/18 – Teatro SESI Campos
23/08/18 – Teatro SESI Macaé
25/08/18 – Teatro SESI Itaperuna

30/08/18 – Teatro SESI Centro
Endereço: Avenida Graça Aranha 01
Rio de Janeiro-RJ
Horário: 19h
Ingressos: R$ 10 inteira / R$ 5 meia
Compre aqui.
Classificação: 16 anos

31/08/18 – Teatro SESI Duque de Caxias
Endereço: Rua Arthur Neiva, 100
Duque de Caxias-RJ
Horário: 20h
Ingressos: R$ 10 inteira / R$ 5 meia
Compre aqui
Classificação: 16 anos

01/09/18 – Teatro SESI Jacarepaguá
Endereço: Av. Geremário Dantas, 940 – Pechincha
Rio de Janeiro-RJ
Horário: 20h
Ingressos: R$ 10 inteira / R$ 5 meia
Compre aqui
Classificação: 16 anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here