Uma mensagem de empoderamento feminino e protesto contra machismo e racismo, é assim o primeiro single do novo EP de Ana P., intitulado ‘Ana Preta’. Com letra autoral, a música tem batida forte, dançante e moderna, que garantem um pouco de leveza ao tema tão pesado.

Na canção, menciona DANDARA (guerreira negra do período colonial do Brasil, esposa de Zumbi dos Palmares) e complementa dizendo: “não quero a sobra de nada, brigo por todas, minha luta é diária. Branco, preto, amarelo, pago o preço tenho apreço. Te respeito, e mereço, mereço o mesmo sentimento”.

Antes mesmo do disco sair, ainda este semestre, a faixa será trabalhada em duas frentes: com o lançamento do áudio nas plataformas digitais + lyric no YouTube, no dia 13 e com a promoção do videoclipe oficial no canal do Rap Box, no dia 16.

Adiantando o que está por vir, um minidoc dos bastidores da gravação do vídeo, que rolou na Casa 1, e foi produzido pelo Na Cena.

O clipe conta com a participação de mulheres negras importantes em seu convívio: Bruna Battys (estilista), Klass Doll (rapper), Mari Teixeira (produtora executiva), Karina Matos (esteticista), Carol Romero (maquiadora), Amanda Negrasim (cantora), Welida Queen (cabeleireira e maquiadora), Yasmin e Íris (irmãs), Mayah (enteada) e sua filha Ana Crystinah, que completa o time com chave de ouro.

Sobre Ana P.

Nascida em São Mateus, periferia de São Paulo, Ana Paula Onofre, começou sua trajetória no Hip Hop como dançarina de Street Dance e, devido ao engajamento com o movimento, em 2010 iniciou sua carreira como rapper junto ao grupo “AS MINA”; coletivo de rap que integrou por cinco anos. Agora em carreira solo, Ana Preta prepara o lançamento do seu primeiro EP que, além da faixa “ANA PRETA”, contará com a participação do rapper Thaíde em uma das músicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here