Eldo Boss é um musico da cena underground que já atuou em outras bandas da cidade, de rock e afropop, chegando a circular em diversos estados. Traz um trabalho voltado a estética do rap cru mesclado com elementos do rock e música afro sem deixar de fundir instrumentos orgânicos na música, chegando a tocar em diversas delas. Traz na sua primeira empreitada uma sequência de três singles que refletem a realidade das vivencias do circuito local e das pessoas que compõe a cidade.

O material é produzido pelo beatmaker Victor Haggar ( Eletropercursivo, Maus Elementos, NoBlah), integrante do selo Maximus Produções e criador de diversos outros materiais da cena rap soteropolitana e gravação, coprodução fica a cargo de Dill Pereira do estúdio Ruído Rosa no Centro antigo de Salvador.

Seus temas abordam a liquides das relações humanas, a fragilidade da vida nas ruas para um jovem soteropolitanos, a vivencia com todas as dificuldades que uma pessoa pode encargar nessa tão rasa vida urbana onde o rap é uma válvula para descarregar todas as emoções em forma de música.

A arte da música urbana destila toda a forma de realidades que um homem pode encarar. O clipe de “Assaltante da cena” foi gravado nas ruas do centro antigo de Salvador, no Pelourinho e nas escadarias onde foi gravado o filme O pagador de promessas (1962) de Anselmo de Duarte ganhador da Palma de ouro de 1962 em Cannes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here